14 dias (quase) sem furar o dedo: saiba tudo sobre o FreeStyle Libre


A intenção do presente artigo é responder às principais dúvidas e curiosidades sobre esse equipamento que, depois de 2 anos de sucesso na Europa, está sendo lançado no Brasil.


1) Qual o diferencial do FreeStyle Libre?

O FreeStyle Libre é um equipamento diferente de tudo o que já estava disponível, pelos seguintes motivos:
  • Cada sensor dura 14 dias;
  • Sensores vêm calibrados de fábrica (não precisam ser calibrados usando resultado de ponta-de-dedo);
  • Medições são feitas de 1 em 1 minuto e novos resultados ficam disponíveis a cada 15 minutos;
  • Total de 96 resultados por dia;
  • Touchscreen.

2) É verdade que o FreeStyle Libre substitui as pontas-de-dedo (teste de glicemia capilar)?

Sim e não. Com o uso do FreeStyle Libre é possível reduzir muito o número diário de testes de glicemia capilar. Contudo, a própria empresa, Abbott, recomenda que pontas-de-dedo sejam feitas quando há uma rápida variação da glicose (indicada por seta na vertical para cima ou para baixo no leitor) e quando os sintomas não condizerem com o valor apresentado no leitor. Portanto, seriam testes de glicemia para se certificar do valor da glicemia antes de tomar qualquer medida corretiva.

Diferença em relação ao Glicosímetro no 1o dia do sensor.
Ao mesmo tempo, a empresa admite que no primeiro dia de uso os valores apresentados são mais distantes dos valores de glicosímetro do que nos demais. Contudo, diversos usuários alertam que esse período de menor acurácia pode levar 2 dias. Portanto, pode ser importante também fazer a ponta-de-dedo com maior frequência durante esses 1 ou 2 primeiros dias.

Vídeo sobre a diferença entre a Glicose do Sensor
e a Glicemia Capilar (ponta-de-dedo).

3) O FreeStyle Libre é um Monitor Contínuo de Glicose (CGM)

Não. O FreeStyle Libre é um sistema Flash. Isso quer dizer que, apesar de serem resultados contínuos durante todo o período de uso de um sensor (14 dias), o leitor deve ser sempre acionado para fazer as leituras. Nos sistemas CGM, como os da Medtronic e Dexcom, o equipamento mostra automaticamente os valores da glicose, assim como alertas de glicemia baixando e baixa, aumentando e alta. Alguns ainda são integrados à bomba de insulina e podem levar à suspensão da insulina caso haja previsão de baixa ou hipoglicemia, a fim de prevenir hipoglicemias graves. Portanto, esses recursos dos CGMs não estão presentes no Libre.

Comparação entre sensor Enlite (Medtronic) e Libre.
Ao mesmo tempo, os sensores dos CGMs duram apenas de 6 a 10 dias cada e não vêm calibrados de fábrica, dependendo de calibração usando valor de ponta-de-dedo pelo menos 2 vezes ao dia.  

4) Quantas vezes posso escanear o sensor para visualizar minha glicose?

Quantas vezes quiser. Não há limite. Contudo, novos resultados só estão disponíveis a cada 15 minutos.


5) Onde será vendido o leitor e os sensores?

O leitor e os sensores serão vendidos exclusivamente pela internet, através do site: www.freestylelibre.com.br

6) Como faço para pedir novos sensores?

Novos sensores também só poderão ser adquiridos através do mesmo site acima.

7) Qual o preço do FreeStyle Libre (leitor e sensores)?

O preço de lançamento, kit inicial com desconto é de R$ 599,70 para o leitor e 2 sensores. Depois, o preço por sensor será de R$ 239,90, e será possível fazer novas compras a cada 10 dias. O frete será de 15 reais para todo o Brasil.

Comparação com Glicosímetro no 7o dia de uso do sensor.
8) Pode-se usar o FreeStyle Libre no avião, durante o voo?

A Abbott não recomenda que se escaneie o sensor durante o voo. Ao mesmo tempo, o FreeStyle Libre tem um glicosímetro integrado que pode ser usado durante o voo.

9) É possível usar um mesmo leitor para diferentes pessoas ou diferentes sensores ao mesmo tempo?

Não, cada leitor só funciona com o sensor iniciado naquele mesmo leitor.

10) Se comprei meu leitor na Europa, ele funcionará com os sensores vendidos no Brasil?

Sim, porém a Abbott está alertando que não fará a venda de sensores para quem comprou o leitor em outro país. Assim, apenas quem comprar o leitor no Brasil terá cadastro na empresa e licença para fazer pedido de sensores.

11) O FreeStyle Libre pode ser usado em crianças e gestantes?

No Brasil ainda não está oficialmente liberado para uso em crianças. Contudo, na Europa já há liberação para uso do Libre em crianças a partir de 4 anos. Não há estudos do uso do Libre em gestantes.

12) O FreeStyle Libre tem garantia?

Sim, o leitor tem garantia vitalícia e os sensores, caso apresentem defeito de fabricação, devem ser devolvidos à Abbott acompanhando contêiner, aplicador e caixa, para análise e substituição.

Encontro de usuários do Libre no Brasil, em 7 de junho de 2016.

13) Outras características uteis do FreeStyle Libre:

  • Deve-se escanear o sensor com o leitor pelo menos a cada 8 horas para que não haja perda de dados de glicose (memória do sensor é de 8 horas);
  • Leitor tem um glicosímetro integrado, que pode ser usado para fazer pontas-de-dedo, tanto de glicemia quanto de cetonemia, usando tiras FreeStyle Optium;
  • É possível fazer um completo diário de glicemia, atividades, alimentação e insulina, marcando cada evento na memória do leitor do Libre;
  • Alarmes podem ser programados para lembrar usuário de escanear glicose 15 minutos após tratamento de hipoglicemia, 1 ou 2 horas após refeição, assim como em horários específicos de acordo com opção do usuário;
  • 2 a 4% das pessoas apresentam alergia cutânea ao adesivo do sensor;
  • Sensor é à prova d'água (até 1 metro de profundidade);
  • Bateria interna recarregável na tomada (como um celular);
  • Acompanha cabo para conexão USB e elaboração de gráficos detalhados que facilitam a análise de: padrão diário da glicose, mediana da glicose, variabilidade glicêmica, risco de hipoglicemia em diferentes horários, entre outros.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?