segunda-feira, 18 de maio de 2015

Novidades Tecnológicas em Diabetes ATTD e SITEC

Tivemos a oportunidade de fazer a cobertura de 2 dos mais importantes congressos de TECNOLOGIA em DIABETES do mundo, o ATTD e o SITEC, que ocorrem em Paris e em São Paulo, respectivamente.

Apesar de o tema geral ser o mesmo, em cada um deles descobertas e novidades específicas foram apresentadas! Vejamos algumas delas abaixo.
  • ‪#‎Sensor‬ de ‪#‎glicose‬ implantável, com DURAÇÃO de 6 MESES e leituras de 2 em 2 minutos foi apresentado no ‪#‎ATTD2015‬. Resultados das leituras são transmitidos para o ‪#‎smartphone‬ através de ‪#‎bluetooth‬.
Site da empresa: http://senseonics.com/
  • Em ambos os congressos (ATTD e SITEC) se falou do #FreeStyle Libre, equipamento com Sensor Flash que não depende de calibração e tem precisão semelhante à dos ‪#‎glicosímetros‬, além de lag time (atraso médio dos resultados em relação ao resultado da glicose venosa) de 4,5 minutos! De qualquer forma, os palestrantes enfatizaram que há indicação de medir a ‎glicemia‬ capilar em caso de variação acentuada da glicose, quando há indicação de ‪#‎hipoglicemia‬ ou quando os sintomas não estão de acordo com as leituras apresentadas.
Foto de Juliana Baptista
Previsão de chegar ao Brasil no 1o semestre de 2016.
  • Gliconline: aplicativos brasileiro, apresentado no SITEC, que facilita a interação médico-paciente à distância, além de conter lista de alimentos para contagem de carboidrato, programação personalizada para calculo da dose de insulina, levando em conta glicemia e carboidrato a ser consumido, entre muitas outras funções que facilitam a vida de quem tem diabetes, contribuindo para um bom controle!
www.gliconline.net/
  • Bombas de insulina apresentadas no ATTD não só com o design muito mais atraente, mas também com muito mais funções. Entre elas destacam-se a conectividade de bomba Insight da Roche, que além de contar com controle remoto completo, que é também um glicosímetro. A mesma empresa apresentou em ambos os congresso o glicosímetro Connect, que transmite dados automaticamente por bluetooth ao celular e permite que à distância o médico ou os pais acompanhem tudo (valor da glicemia, bolus administrado, etc.). Em relação à bomba da Medtronic, ou melhor ao sistema bomba-sensor 640G, muitas novidades, incluindo o SmartGuard, que interrompe a liberação de insulina 30 minutos antes de acontecer a hipoglicemia e religa a liberação quando a glicose se restabelece.
  
  • PÂNCREAS ARTIFICIAL: muitos testes de diferentes grupos foram apresentados no ATTD, indicando dificuldades, especialmente para prever alimentação e atividade física (portanto, na maioria dos estudos, o indivíduo teria que avisar o pâncreas artificial que irá se alimentar ou fazer atividade física, a não ser no caso do pâncreas biônico, como enfatizou uma palestrante). Aparentemente os mais próximos a serem lançados são os da Medtronic, que começará pelo sistema 670G, com função de pâncreas artificial durante à noite (aumenta e diminui liberação de insulina, conforme necessidade, sem que o usuário precise interferir) e, mais adiante, lançará o pâncreas artificial para o dia todo, com base no algoritmo já aprovado em Israel do grupo DREAM, com o nome #GlucoSitter, além do Pâncreas Biônico do grupo liderado pelo Prof. Dr. Damiano (sobre o qual já tratamos diversas vezes).
www.dreamed-diabetes.com/

















Estas e MUITAS outras INFORMAÇÕES, como sobre novas insulinas muito mais rápidas que as ultrarrápidas, insulinas inaláveis, em cápsulas e novas insulinas lentas, podem ser encontradas em: www.facebook.com/TenhoDiabetesTipo1EAgora (especialmente nas postagens entre fevereiro e março).    

Nenhum comentário:

Postar um comentário